Cáseos

 

Cáseos Amigdalianos – Será Que Você Sofre Deste Problema?

                Quando se ouve falar em cáseos, muitos não sabem o que isso significa. No entanto, é um problema de saúde oral muito comum que pode passar despercebido – com más consequências. Você, que lê este artigo, pode ser uma das várias pessoas que, sem saber, sofre desse mal.

                “Cáseos”, ou “tonsilólitos”, é o nome dado a pequenas pedras de cor amarelada ou branca que se encontram alojadas sobre as amígdalas (também chamadas de tonsilas palatinas), no fundo da cavidade oral. Elas resultam da acumulação e posterior calcificação de várias matérias diferentes, desde restos de alimentos a bactérias orais, mas a composição das pedras varia de pessoa para pessoa.  Elas podem ter um cheiro intenso muito desagradável, comparável ao de um ovo podre. Por esse motivo, geralmente, as pessoas que possuem essas pedras nas suas amígdalas sofrem de muito mau hálito, que nenhuma escovagem de dentes ou gargarejo com elixir (ou enxaguante) bucal pode eliminar de vez. De facto, o mau hálito é um dos vários sintomas que denuncia o problema, quando este não pode ser visto a olho nu.

                Para além do odor forte, essas massas calcificadas podem causar a sensação de que há algo a mais no fundo da boca, especialmente se forem de maiores dimensões. Alguns pacientes também têm tosse persistente ou alguma irritação na garganta. Contudo, a presença das pedras NUNCA deverá causar dor nas amígdalas. Se você sente dor nas amígdalas, provavelmente tem outro problema de saúde e deve consultar um profissional médico.

                Mesmo que não causem dor, os cáseos não deixam de ser incomodativos, em especial por causa do mau hálito que provocam. Estar em ambientes sociais pode se tornar aflitivo, devido ao medo de que outros se apercebam do odor. Se você desconfia que tem este problema, saiba que pode começar a solucioná-lo hoje mesmo!

Caseos

                Caseos nas amígdalas (ou tonsilas palatinas) são um problema que muitas pessoas têm, mas do qual nem todas as pessoas se apercebem. O facto de serem indolores os ajuda a passar despercebidos, mas atenção: eles têm outros sintomas que você pode não notar, mas as pessoas em sua volta certamente irão. Por essa razão, é importante que você se familiarize com este problema de saúde e que descubra se você pode ser uma das suas muitas vítimas.

                Os caseos amigdalianos, ou tonsilólitos, são pedrinhas de dimensão e composição variável que surgem nas criptas das amígdalas e ali continuam a aumentar em tamanho, podendo, a partir de certo ponto, ser vistas a olho nu se se abrir bem a boca diante de um espelho. As amígdalas são uma das várias defesas naturais do nosso organismo, mas, por se encontrarem no fundo da cavidade oral, no ponto de entrada dos alimentos na garganta, podem reter restos de comida. Além disso, glóbulos brancos já não funcionais podem se depositar ali e, se a isto se juntarem as bactérias que naturalmente existem na boca, tem-se a receita inicial para a formação de tonsilólitos. O processo que leva à formação das pedras não é totalmente conhecido nem consensual na comunidade médica, mas é certo que são um agregado de várias matérias diferentes que, depois de se depositarem, sofrem calcificação.

 Enquanto não forem removidas, as pedras vão continuar a crescer e darão sinal da sua presença da forma mais incómoda – mau hálito. De facto, as matérias que as formam libertam um cheiro muito desagradável e persistente, que não desaparece simplesmente por se escovarem os dentes. Outros sintomas podem surgir, como a sensação de algo a mais no fundo da boca ou uma ligeira tosse ou inflamação na garganta. Se, depois de ler isto, você pensa que pode ter caseos amigdalianos, comece já hoje a combatê-los! Informe-se melhor sobre este problema e a sua cura no seguinte website  >>> Caseos tratamento

 Há Para Cáseos Tratamento?

                Muitas pessoas em todo o mundo possuem cáseos, ou tonsilólitos, nas suas amígdalas (ou tonsilas palatinas), mas nem todas elas sabem que há para cáseos tratamento e este tem bons resultados. Por vezes, as pessoas nem sequer sabem que têm o problema em si! Será que é esse o seu caso?

                Os tonsilólitos são acumulações de várias matérias calcificadas que podem aparecer nas amígdalas inesperadamente. Olhando para o fundo da boca diante de espelho, a pessoa que possui estas massas calcificadas verá que elas se apresentam como pontos ou pedrinhas esbranquiçadas e parecem fáceis de remover, mas não o são. Quanto maior o seu tamanho e mais completa a sua calcificação, mais elas aderem à superfície da amígdala. E enquanto não conseguir retirar estas pedras, terá de sofrer com o péssimo hálito que elas causam, tornando qualquer situação social em um momento de desespero em que se faz de tudo para que ninguém se aperceba do cheiro persistente que emana da boca. Mas, se você tem este problema, descanse; mais uma vez, lembre-se que há para cáseos tratamento.

                A solução para esta condição médica pode passar por certos procedimentos simples e indolores para os remover fisicamente, que você poderá fazer sem ajuda na sua própria casa depois de os conhecer. No entanto, você pode não conseguir alcançar os tonsilólitos ou estes podem nem sequer ser ainda visíveis a olho nu. Por outro lado, evitar um problema é muito melhor do que tentar remediá-lo mais tarde e, por isso, outras das coisas que você terá de fazer para se curar estão relacionadas com a prevenção do surgimento destas pedras sobre as suas amígdalas. Isto poderá envolver certas mudanças na sua rotina diária e alimentação, às quais você terá de aderir diligentemente.

                Você tem muito a ganhar por eliminar os tonsilólitos da sua vida. Comece a fazê-lo já hoje. Visite o seguinte website para informações detalhadas sobre aquilo que você mais quer saber e que se pode resumir a duas palavras – cáseos tratamento

 

Home  Contacto  Política de Privacidade  Aviso Legal